- Capítulo 19

Todos os capítulos estão em

Leia a Novel Genocida Online Capítulo 19 mais recente em português Blog do Amon Novels. Novel Genocida Online em português é sempre atualizado em Blog do Amon Novels. Não se esqueça de ler outras atualizações de nossas histórias. Lista de novels Blog do Amon Novels está no menu Lista de Light Novels.

Tenha uma boa leitura

Servidor Arquivo Qualidade Link
#1 Drive PDF HD Baixar







《PAI E FILHA》




Assim que voltei da escola, um dos mordomos da minha casa, o Sr. Yamamoto, me parou e disse: 「Jovem senhorita, o senhor está chamando」

「Compreendido」, eu respondi.

Por que aquele homem me chamaria dentre todas as pessoas?
... Parece que uma tempestade está chegando.


▼ ▼ ▼ ▼ ▼ ▼ ▼ ▼



「Você chegou. Eu realmente não queria ver você, mas tem algo que preciso te contar」, disse aquele homem.

Parece que nós dois sentimos o mesmo um pelo outro, mas, nesse caso, ele não deveria ter me chamado... 「O que foi?」, eu perguntei a ele secamente.

「Vou adotar uma criança de uma ramificação da nossa famílias」, respondeu ele.
「E por que você está me dizendo isso?」, eu perguntei.
「O menino da ramificação da família é uma pessoa maravilhosa, diferente de você. Ele será o herdeiro da nossa casa」, ele explicou.
「Não direi nada sobre o assunto do herdeiro, mas já não tenho um irmão mais novo?」, perguntei a ele.

Esse homem deve gostar muito desse menino. Ele está até sorrindo agora, embora nunca tenha sorrido perto de mim, nem mesmo para dar algum conforto à mamãe durante seus momentos finais...

「Sua linhagem não está em paridade com a nossa. E embora ele seja um ser humano adequado, seu irmão mais novo é, em última análise, uma pessoa medíocre. Ele não tem muito potencial para si mesmo」, ele esclareceu.
「É mesmo...」, respondi vagamente. Eu realmente não conheci nem meu irmão mais novo nem minha irmã, então eu realmente não me importo com o que ele pensa deles.
「O menino que estamos adotando é cinco anos mais velho que você e ele não é apenas um ser humano adequado, mas também um menino muito brilhante... Diferentemente de você」 (Pai)

Recusei-me a responder. Eu estou acostumada com o fato de que este homem não reconhecerá que eu sou a pessoa com as melhores notas nos exames simulados em todo o país, então essas palavras realmente não me machucam mais. Mesmo assim, eles ainda não merecem uma resposta.
Dito isso, o menino parece estar pelo menos no mesmo nível que eu, o que não deve ser tão ruim.

「Em qualquer caso, o menino logo deve vir aqui para me visitar. Você vai sair do prédio ao lado para cumprimentá-lo?」, perguntou aquele homem.
「Eu não vou sair」, eu respondi imediatamente.
「Isso é problemático. Não gostaria que as pessoas que acompanham o menino pensassem que hospedo um monstro naquele prédio」, respondeu ele.

Eu odeio isso. Esse olhar dele que parece que toda a sujeira no fundo de sua alma começa a subir na minha, arrancando com força partes do meu ser...

「Não gosto de ser olhada como se fosse um monstro」, respondi friamente.
Ele respondeu após um momento de hesitação, 「sinto muito......... Por dar à luz a um monstro」 (Pai)

... Esse é o mesmo olhar que ele deu à mamãe quando ela morreu, ele encara aquela outra mulher assim? Oh, o quanto eu simplesmente gostaria de...

「Quer falar alguma coisa?」, perguntou ele.
「Não, nada... Por favor, me desculpe」 (Reina)

Ah, isso não é bom. Quase quebrei a última promessa que fiz antes de me separar de minha mãe morta. Eu não devo colocar para fora este homem nem meus irmãos mais novos...

「Em seguida, desapareça da minha vista. E não se envolva muito com seu irmão mais velho, não gostaria que ele fosse influenciado por você」, disse ele.
「Então vou me retirar」, tentando o meu melhor para suprimir minha intenção assassina, fiz uma reverência e saí.

Uma vez do lado de fora, suspirei de alívio por não ter quebrado minha promessa com minha mãe morta, mas quando estava prestes a deixar o local, fui impedida pelo Sr. Yamamoto.

「Senhorita...」, disse ele.
「O que seria?」, perguntei a ele... Embora eu me pergunte por que o Sr. Yamamoto está aqui em primeiro lugar, ele ainda tem negócios comigo?
「Por favor, não se preocupe muito com isso, é ruim para sua saúde」, ele me disse.
「Obrigada, mas eu estou bem」, respondi.

Ele está tentando fingir que se importa um pouco? Eu não estou acreditando, seu rosto ainda está tão inexpressivo como sempre.

「Além disso, a esposa do senhor está pedindo para vê-la...」, disse ele.
「Por favor, recuse」, respondi imediatamente.
「... Como quiser」, depois que ele disse isso, o Sr. Yamamoto saiu.

Eu não quero ver aquela mulher em primeiro lugar, e além disso... eu não acho que serei capaz de manter minha promessa com a mamãe se eu encontrar aquela mulher.
... Especialmente porque aquela mulher roubou o pai da mamãe.
Como eu havia feito tudo o que tinha que fazer aqui, rapidamente voltei para o prédio ao lado e me joguei na cama.

「Querida mamãe...」, eu disse enquanto afundava meu rosto no travesseiro. Ele ainda tem um cheiro que lembra vagamente o da mamãe... Eu respirei fundo e continuei, 「Minhas emoções ficam realmente perturbadas sempre que encontro aquele homem... É realmente cansativo」 (Reina)

... Vamos nos livrar de toda essa amargura no jogo. É bom que o novo evento começará em breve.

Tags: Leia mangás Genocida Online Capítulo 19 traduzidos para o português, Genocida Online Capítulo 19 histórias em português, leia Capítulo 19 online, Capítulo 19 história, Genocida Online Capítulo 19 capítulo, tradução de alta qualidade, Genocida Online último lançamento, , AmonRA

Recomendação

Comentários (0)